Buscar
  • Daniel Santos

Automação de LinkedIn: como usar esta estratégia para melhorar o seu processo de vendas

LinkedIn: um canal pouco explorado

Se você vende para empresas, provavelmente já sabe que o LinkedIn é um poderoso aliado: a rede social tem o intuito de promover o networking entre profissionais de várias áreas, e acaba sendo um grande banco de dados gratuito com as informações de quem ocupa qual cargo em qual empresa.


Surpreendentemente, poucos profissionais no Brasil sabem usar o potencial desta rede social ao máximo, por não conhecer os filtros e as possibilidades mais avançadas da ferramenta.


Automatizando o trabalho repetitivo

Se você já tentou vender pelo LinkedIn, sabe que precisa adicionar um volume muito grande de pessoas para que apenas algumas delas respondam, e menos ainda marquem uma conversa com você.


É justamente por isso que muitos profissionais de vendas acabam desistindo deste canal. Se você tem poucas pessoas no seu time comercial e/ou o seu tempo de prospecção é dividido com outras atividades(que foi o nosso caso durante um bom tempo), você não tem 3h sobrando para adicionar pessoas no LinkedIn. A boa notícia é que esse trabalho braçal pode ser feito por um robô.


Sobre o LinkedHelper

Vamos ensinar aqui como instalar o LinkedHelper, uma extensão gratuita que faz o trabalho duro por você.


Ele é uma ferramenta paga que tem um teste gratuito de 14 dias. Entretanto, existe um erro da ferramenta que faz com que ele zere o contador caso você desinstale a extensão e instale novamente.


Ou seja, depois dos 14 dias é só desinstalá-lo e seguir este processo novamente.


Instalando o LinkedHelper

Entre neste link. E clique em “Download an try for free”:

Você será direcionado para esta tela, onde deve clicar em “open in chrome web store”.

Clicando ali, você será direcionado para a Central de extensões do Chrome.

Clique em “adicionar extensão” na caixa de diálogo que vai abrir.

Você então receberá a informação de que a instalação foi confirmada.


Usando o LinkedHelper

Acesse o seu LinkedIn. Assim que você entrar, esta tela aparecerá. Crie a sua conta na aba “Create Account” se estiver usando pela primeira vez:

Se você já estiver usando o LinkedHelper e estiver reinstalando, clique em “login”:

Depois de entrar, você deve estar vendo uma tela como esta:

Caso ela não esteja aparecendo, é porque ela está minimizada. Neste caso, é só clicar na caixa no canto da tela:

Para que o Linked Helper mande convites para várias pessoas, ele primeiro Coleta os contatos para só então enviar os convites.


Coletando os contatos

Para coletar os contatos, é preciso realizar uma busca no LinkedIn. Por isso, é interessante realizar uma pesquisa com filtros avançados. Primeiro, clique na barra de pesquisa e aperte enter(sem digitar nada na barra de pesquisa mesmo).

Então, clique em “todos os filtros”:

Aqui é a parte aonde você vai selecionar que tipo de empresas vai abordar. Algumas recomendações nossas:

Coloque para adicionar conexões de 1 e 2º grau(se a sua conta permitir se pesquisar por conexões de 3º grau, clique ali também.)


Na região geográfica, eu coloquei Brasil, mas se o seu negócio só permite que você prospecte clientes em uma certa região, selecione as melhore áreas para você. O LinkedIn trabalha por regiões metropolitanas, então tente entender quais cidades estão dentro de quais regiões.


Em baixo, você vai ver um filtro por segmento. Existem muitos setores disponíveis no LinkedIn, e você pode explorar um pouco mais deles aqui nessa planilha.


Você também pode pesquisar por pessoas que estudaram em alguma instituição de ensino, que trabalham em uma certa empresa, ou que trabalharam em uma certa organização no passado. Use a sua criatividade aqui.


Um dos pontos mais importantes é o cargo. Perceba que ele é um campo de texto, que vai pesquisar por pessoas que têm aquela palavra no perfil. Você sempre vai acabar adicionando pessoas que não tem exatamente o perfil que você procura.


Recomendamos que você teste diferentes palavras para chegar no público-alvo. Se você procura por gerentes de RH, pesquise por “gestor de RH”, “diretor de RH”, “gerente de pessoas”, etc.


Realizei aqui uma pesquisa por “gerente de vendas” e que são do segmento “atacado” no Brasil inteiro. Tivemos 93 resultados:


Esse é o momento para coletar os contatos dessas pessoas.

Você vai criar no campo de lista de contatos, e “create new”. É bacana segmentar diferentes listas para diferentes perfis. Depois, clique em “collect”.


O LinkedHelper vai começar a coletar as pessoas da busca. Ele vai navegar pelo LinkedIn como se fosse uma pessoa usando. Por isso deixe ele navegar à vontade. Depois que todas as pessoas na sua busca foram coletadas, você pode adicioná-las.


Importante: Como o LinkedIn não é muito simpático ao uso de bots, ferramentas como o LinkedHelper simulam um uso humano. Por isso mesmo, o LinkedIn precisa estar aberta, e você não pode minimizar o navegador nem navegar em outras abas. O ideal é que você deixe o programa rodando na hora do almoço ou durante a noite. Se você tiver uma segunda tela para deixar o LinkedHelper rodando, melhor ainda.


Enviando os convites

Agora que você já coletou as pessoas que quer adicionar, clique em “message”. Nós vamos criar a mensagem que você vai enviar para estes contatos.


Digite a mensagem que você vai enviar para as pessoas. Perceba que existem alguns campos ali, como nome, sobrenome, empresa e cargo, que ajudam a deixar a mensagem mais personalizada. Essas informações costumam estar corretas em 90% dos casos.


Depois, clique no botão de “preview” e você verá como a sua mensagem vai aparecer.

Agora está tudo pronto! É só clicar em “invite” para começar a enviar convites para as pessoas que você coletou na etapa anterior. Aproveite e boas vendas!


Eu costumo usar o bot de LinkedIn apenas como um primeiro passo. Adiciono várias pessoas, e depois olho quem aceitou meu convite. Começo uma conversa com quem demonstrou algum interesse, e caso já tenha conversado com todos os que me responderam, começo uma conversa por email com quem entendo que tem o perfil certo.

Criando a melhor estratégia de abordagem


1.Não seja panfleteir@

Se você navegar durante algumas semanas no LinkedIn, vai perceber que pessoas dos mais variados setores vão te adicionar tentando vender algo: de vendedores de seguros à afiliados de empresas de Marketing Multinível.


Boa parte dessas pessoas não oferece nenhum conteúdo/informação, e na maioria das vezes, está propondo que você assuma um compromisso muito grande (comprar, marcar uma reunião) logo de cara. Não seja uma dessas pessoas.


Parte disso passa por adicionar as pessoas do segmento certo. Mas parte está em criar a abordagem certa.


2.Gere valor para as pessoas que você está abordando.

Evite simplesmente apenas oferecer o seu produto/serviço, mas mostre como isso pode melhorar a vida da outra pessoa. Isso vai aumentar as interações com você no LinkedIn.


3.Mantenha textos curtos

Você vai ter 10 segundos de atenção das pessoas no LinkedIn, se der sorte. Ou seja, você vai ter que dizer ao que veio e que problema pode


4.Aborde um grande volume de pessoas.

A minha experiência me diz que de cada 100 pessoas que abordo no LinkedIn, tenho 2 ou 3 respostas. Por isso, manter a consistência de todo dia estar adicionando novas pessoas é algo vital. Se possível, já comece um diálogo com essas pessoas que responderam você: afinal, elas não vão lembrar da sua empresa por muito tempo.


Acredito que estas dicas vão ajudar sua empresa assim como ajudaram a gente. Se quiser entender um pouco melhor como automatizar algumas ações de vendas e como melhorar a sua aquisição de clientes, fique à vontade para entrar em contato conosco e marcar uma reunião de diagnóstico com a Bossa Nova.

4 visualizações

© 2020 criado por  Agência Bossa NovaTodos os direitos reservados.